Prêmio de Participação

 

 

PARTICIPANTES:

 

Socorro Lima Dantas

Yeda Soares Chiviacowsky

Borbollettah Sandra Regina

Maria Thereza Neves

Tânia Sueli Oliveira

Victória Falavigna

Marjorie Cassol Spagnolo Cansan

Ilda Maria Costa Brasil

Pedro Jorge Pedersen Baptista

Carmen Lucia da Silva Cardoso

Juraci da Silva Martins

Nadine Tomasel Lorenzato

Natália Lohmann Mendel

José Ernesto Ferraresso

Virgínia além mar

Marcial Salaverry

Roze Alves

JRonaldo-JR

Clara da Costa

Helô Abreu

Jorge Linhaça

Luíza Benício

Eliana f.v. – Li Andorinha

Fatima Abrantes

Sueli do Espírito Santo

Rafael Braga Pinto

Ulisses Prestes Herter

Sabrina Scheid Mezzari

José Antonio Soares Martins Filho

Camila Lima Dantas

 

 

MINHA VIDA

Socorro Lima Dantas
 

 

Há vezes: - deparo-me com indagações,
procuro repostas às minhas aflições,
da história de um amor guardado,
o tempo perdido...
coberto pela poeira do passado.

 

Peito comprimido,
hóspede dos sentimentos perdidos,
ressente-se com imagens de outrora,.
fecho meu mundo numa concha
permito escoar para mim vãs recordações.
Estou inerte !...  sem resposta alguma...
são inquietações e sofrimentos vividos.


Arrastada pela solidão,
comparo-me a uma bailarina... imóvel !...
no picadeiro, ninguém a me aplaudir...
um grito selvagem aborda o meu íntimo.
Sinto-me só, em meio a uma multidão.

 
Vem àquela vontade de esquecer,
partir definitivamente...
numa noite insone, exposta ao inesperado,
sem identidade da alma ...

sem levar a saudade !
quero esquecer o passado... o desejo insólito,

perdido ao encontro do nada...

 
Não há resposta a esta incerteza que me cerca !...
permanecem meus anseios,
aproxima-se o tédio... 
a saudade que ficou...
as recordações alteram as batidas do meu coração,
na inútil reconstrução do que fui,
e o que será deste meu eterno devaneio...


De repente, 

desperto meus pensamentos antes adormecidos !
descubro, sem querer acreditar,
tudo não passou de uma aspiração !...
pensamentos levados pelo vento
removidos pelos castelos construídos por mim,
num tempo vivido apenas para sonhar.

 
Anseios reprimidos,
aborda-me a vontade de esquecer tudo !
Retorno ao caminho de volta,
na inútil tentativa de mudar o destino.
Quero recontar a minha história,
alterar as versões...
mudar a rota dos nossos corações,
transformar nossas almas sofridas e amarguradas,
numa amplidão de amor ao alvorecer !
 
Quero viver este sonho,
quero te amar  como se não fosse existir outro momento igual,
quero esquecer a sucessão de outros dias,
viver apenas o presente !
Quero ser EU e TU numa só existência,
assim será a minha VIDA !
 

Recife/PE

27/08/2006

 

 

Minha Vida

Yeda Soares Chiviacowsky

 

 

Minha vida...

Trago comigo lembranças de um tempo lindo demais.

Histórias de mil amores que não esqueço jamais.

Sonhos lindos, pesadelos, que se misturam  sem fim,

Num coração que sozinho vibra aqui dentro de mim...

 

Hoje,

Livre como o vento, no vai e vem dos meus dias,

deixo os meus pensamentos tomarem conta de mim...

Viajo no tempo e busco as boas lembranças.

E vejo que o meu passado não foi assim, tão ruim...

 

Ontem...

Dias serenos, com tempo para sonhar...

Promessas e planos mil, e muito amor para dar.

Nos braços de um grande amor sonhei conquistar o mundo,

E juntos nos completamos neste lindo caminhar.

 

Mas...

Como tudo na vida, um dia o sonho acabou...

E eu hoje olho o passado e vejo o que me restou.

Meu mundo ficou deserto, mas não deixei de amar,

porque guardo na lembrança o brilho do seu olhar.

 

 

Pelotas, RS

18/01/2009

 

 

MINHA VIDA

Borbollettah Sandra Regina

 

 

 

Em minha vida, eu tomo as decisões,

sou dona do meu nariz e das minhas ações.

Meu caminho é guiado pelo meu coração,

é o caminho certo, sigo o amor e a paixão.

 

Eu nasci para ser sempre vitoriosa,

em minha vida, eu sou a toda poderosa.

Eu não me escondo, não tenho segredo,

sou uma guerreira, não sou de brinquedo.

 

Eu sigo minha vida atrás das vitórias

e por isso eu posso contar minhas glórias.

Minhas conquistas estão no que superei,

minha história é marcada pelo que passei.

 

Eu não acredito em ser derrotada,

conjuntura ruim é para ser superada.

Sei levar muito bem o que eu faço

e em cada passo, busco meu espaço.

 

Confiança e empenho é só o que tenho

e os uso aliados a muito empenho.

Sou e represento minha principal ideologia,

o que eu acredito é em viver com alegria.

 

 

24/01/2009

 

 

Vida
Maria Thereza Neves
 

 

a vida não basta
é fome
é busca
sede e procura

a vida não basta
é sol, libertação
sentido do ser

a vida não basta
é eternidade todo minuto
não é dimensão noutro espaço
mas a intensidade no viver
é buscar o que foge

a vida não basta
mesmo o presente fugindo
escapando
marcando momentos que eternizam

a vida
é buscar o que foge
alem da ciência
eternizando almas
sintonizando o universo .

 

19/02/2009

 

 

MINHA VIDA É UM ARCO-ÍRIS
Tânia Sueli Oliveira

 

 

Sinto o meu coração disparar,
pulando tão feliz e contente
e todo o meu corpo vibrando !

Sinto-me dentro de um arco-íris
com suas cores maravilhosas,
energia gostosa e indescritível !

Cada instante é importante…
Nada mais é tão belo
quanto sentir esta alegria !

Sinto que flutuo sobre as cores,
refletidas pela luz do Sol
e sinto as gotinhas de chuva
que refrescam todo o meu corpo .

Estou sendo transportada lentamente
num mundo de emoções diversas
que tanto sonhei… acreditei…
e jamais perdi as esperanças !!!

Cada momento tão esperado…
vivido com intensidade e sensibilidade,
sem jamais desistir ou desacreditar …
minha vida é um arco-íris !!!

 

Marília - SP / Brasil


 

MINHA VIDA...

Victória Falavigna

 

 

Os tempos mudam ao longo do ano,

junto com as nossas vontades.

Neste mês, quero comer muito sorvete;

mês que vem, quero esquiar na neve;

hoje, quero tomar banho de mangueira.

Por enquanto, vou aproveitar, o dia de hoje,

para brincar e, amanhã, eu volto a pensar.

 

Porto Alegre/RS

24/05/09

 

 

MINHA VIDA...

Marjorie Cassol Spagnolo Cansan

 

 

No início do caminho,

vejo as portas fechadas.

Tento abrir, mas não consigo.

Escuto a chuva, canção ao vento.

Metade do caminho...

Não sei para onde ir. Chove...

Fico sentada, esperando algo,

não sei o que. Escuto a chuva.

Adormeço... e sonho que estou livre.

Pessoas me abraçam

e conversam comigo; sinto-me feliz.

Fim do caminho,

vejo que não tenho mais saída;

começo a aceitar o meu fim.

De repente, ouço sons;

olho para o lado e vejo luzes.

É meu último adeus...

Caminho em direção da luz,

tudo se esclarece. É agora!

Não sinto medo. Adeus!

 

Porto Alegre/RS

24/05/09

 

 

MINHA VIDA...

Ilda Maria Costa Brasil

 

 

Na velha mesa repousam

antigos álbuns de fotografias.

Ao tirar-lhes a poeira,

algumas fotos ganharam vida.

Aniversários, Natais, Páscoas...

Oh! Quantos momentos estavam

empoeirados como a velha mesa!

Esforcei-me para resgatá-los,

mas alguns rostos insistiram

em manter-se foscos e trêmulos.

Poeira na mesa, marca de um tempo

em que histórias de minha vida

foram escritas para serem contadas

e repassadas de geração em geração.

 

Porto Alegre/RS

24/05/09

 

 

MINHA VIDA...

Pedro Jorge Pedersen Baptista

 

 

Há muitos anos, vivo numa casa

onde minha mãe dez, antes de morrer,

um lindo jardim, onde crescem

os mais lindos tipos de flores e plantas.

Em um dos canteiros, a orquídea

que plantei quando menino

dá, a cada dia, flores belíssimas

que me faz lembrar de minha mãe.

Todos os dias, converso, no jardim,

com a natureza, e ela me dá

de volta o lindo frescor das plantas.

Quando elas morrem, fico muito triste;

contudo, não entro em depressão;

pois sei que logo renascerão outras flores.

 

Porto Alegre/RS

24/05/09

 

 

MINHA VIDA...

Carmen Lucia da Silva Cardoso

 

 

Que pena do adeus tão breve

Que terminou, sem existir

Que pena, pelo que não foi dito

Pelo que não iniciou

Que pena, pelo que não vivi

Que pena, pelo que não quis conhecer

Que pena do traço, do passo

Que não marquei

Das mãos que recolhi,

Do olhar que desviei

Dos lábios, que calei

Do peito que fechei

Do calor que apaguei

Que pena, pela palavra saudade

Que deixei existir

E vai comigo

Silenciosa

Nas ruas, na chuva,

No andar errado, errante,

Sem rumo, sem nada

Nesta vida tão breve

Sem sentido

Sem razão

Sem lógica

Só lógica do certo

Só lógica da razão

Sem lógica, de ser lógica

Só!

Sem nada...

 

Porto Alegre/RS

24/05/09

 

 

MINHA VIDA...

Juraci da Silva Martins

 

 

Perdi a conta dos meus passos

Na longa caminhada da vida

Perdi meu olhar no horizonte

Na busca de resposta para o que não sei

E uma forma ideal para a acolhida

Onde todos beberão da mesma fonte

 

E então no horizonte deslumbrei

Do meu pedestal de chão batido

Algo de insondável no desconhecido

Meus passos incontidos não cansaram

Mesmos nos tropeços e os pés feridos

Pelos muitos quilômetros que andaram

 

Valeu chegar a meta e conseguido

Descobrir que no fim desse horizonte

Chegaremos, por certo, a mesma fonte.

Pois uma esfera não tem meta definida

Mesmo seguindo pela mesma reta

Chegaremos sempre ao ponto de partida.

 

E foi assim nessa minha empreitada

Ali estava o que busquei na caminhada

De anseios, desejos e tantas quimeras

Quando exausta percorri toda a esfera

E no final encontrei o que faltava!

 

Um Deus que preencheu o meu espaço

Senti de perto mais vida em seu regaço

A bondade envolvente e que apraz

E nesse aconchego então me aninho

Tenho o afeto desse Deus todo o carinho

E encontro nele a paz que satisfaz!

 

São Sepé/RS

24/05/09

 

 

MINHA VIDA!
Nadine Tomasel Lorenzato


 

Momentos de felicidade
são vivenciados na mocidade.
Esses trazem alegria,
se vivermos em harmonia.
Caso estejamos na tristeza, nada
supera a presença de amigos,
para levantar o ânimo.
Se lutarmos por nossos sonhos,
não teremos, no futuro, pesadelos.
É importante acreditarmos
de que somos capazes de vencer
os obstáculos que, por ventura,
possam nos aparecer.
Haverá momentos difíceis,
mas não para desistirmos.
A perseverança e o desejo de vencer,
devem nos manter alertas
para na vida ter sucesso e crescer.

 

Porto Alegre/RS

24/05/09

 

 

MINHA VIDA...

Natália Lohmann Mendel


 

A vida é uma caixinha
de surpresas.
Todo dia nos surpreende
com algo novo.
Algumas surpresas são boas;
outras, ruins.
As primeiras fazem-nos vivenciar
emoções e sentimentos
que nos proporcionam
Felicidade e Alegrias;
as últimas, Tristezas
e Desencantos.
Todos nós aspiramos
e sonhamos com a Felicidade,
a qual ocupará nossos corações
quando conseguirmos
a nossa realização pessoal
e profissional.
Felicidade é a melhor sensação
do mundo.

 

Torres/RS

24/05/09

 

 

MINHA VIDA

José Ernesto Ferraresso

 

 

Nessa minha vida tudo me abala,

Penso, reflito e minha voz se cala,

Tenho medo, angústias e amor,

Amor que às vezes transforma em desamor.

 

Minha vida é cheia de incertezas,

Que tornam minhas atitudes presas,

Não consigo defender e nem atender,

Isto é ruim e me faz sofrer.

 

Travo uma luta incessante,

Nessa vida mas  sigo adiante,

Trago em meu peito sofrimento e dor

Não consigo nela colocar o amor.

 

Insatisfeito sempre pressinto

Que a vida é vaga e inexisto,

O indefinido não é contraditório,

Os momentos e  o tempo são notórios.

 

A incerteza em mim desatina,

Transforma e me consome.

Nessa vida sei que tudo passa,

E não há nada de bom que se faça.

 

A realidade existe,

A verdade inexiste.

Penso  mais  com a razão,

Não dou oportunidade à emoção.

 

Minha vida é momento e decisão.

Sou uma pessoa que me analiso.

Quero viver e não desisto

Enfrento qualquer situação.

 

Serra Negra

24/05/2009

 

 

Vida minha

Virgínia além mar

 

 

És sopro...

Tecido de encontros

entre os fios lacunas

despedidas...

 

 

Se és minha oh! Vida

és rio inquieto

em  busca do oceano

 

que despede-se em brumas

escalando  montanhas

fragmentando-se em estimas...

 

Em vida estou ainda

rosado minério, punhado de chão

quartzo ao sol, verbo, sal e mar...

 

Se olhar para trás

sinto aromas,

sons de infância...

 

Ígnea escama ...

 

Ao olhar-te de frente

minha vida, ardo em espasmo

e ainda canto ...

 

RS/maio 09

 

 

A ESCOLA DA VIDA
Marcial Salaverry

 

 

Temos que bem cursar

a escola da vida,

e suas aulas aprendidas,

e muito bem apreendidas...

Temos que sobre a vida bem meditar,
aprendendo que deve apenas ser vivida,
para que tenhamos sobrevida...
Sobre vida pouco há que se dizer,
além de a viver...
Sentir que ela existe dentro nós,
no sangue que corre em nossas veias,
no amor,

que existe em nosso interior,
nos sentimentos,

e também nos lamentos
que agitam nossa alma,

naquilo que nos acalma,
ou que nos irrita,

deixando-a aflita...
Aprendemos que a vida

apenas deve ser vivida,
enquanto a tivermos dentro de nós...
Apenas, tornemo-la amena,
vivendo-a de forma serena...

E se assim aprendemos,

melhor viveremos,
sem mágoas ou rancores,
que só nos causam dores...
Vivamo-la com amor,
afastando-nos da dor...

Fugindo de qualquer depressão,

que atormente o coração...

Não se pode ser depressivo

para um viver sempre ativo...

Sem ao desespero se entregar,

é melhor para viver e amar...

 

25/05/2009

 

 

Minha Vida

Roze Alves

 

 

Um dia, prendo um longo suspiro

No outro, espiro sem a menor emoção

Um dia, do prazer sou vampiro

No outro, me estacam o coração

 

Um dia, vivo somente para amar

No outro, da boca só me escorre fel

Um dia, quero de tudo me libertar

No outro, fico cativa, jogada ao léu

 

Um dia, subo todas as escadas, feliz

No outro, me atiro ao ar, será que morro?

Não entendo o que ninguém diz

Minha alma está gritando por socorro

 

E assim vou vivendo a chamada bela vida

Com muita alegria e também com um infindo horror

Um dia, me sinto como um feioso pé de urtiga

No outro, tenho a graça e o perfume de uma flor.

 

RJ: 25/05/2009

 

 

A VIDA

JRonaldo-JR

 

 

 A  vida foi feita para ser vencida
Não apenas para ser vivida
Vivemos para ensinar e aprender
Vamos de vez...isso entender

 

Sempre haverá um novo dia
E tudo pode virar magia
Depende de como os ver
E fazer acontecer

 

Pensamento ativa a imaginação
Incitando-nos à ação
Não vivo a lamentar
Quero sempre caminhar


 Tudo é um eterno vai e vem
E vai muito, muito além
E uma miragem
Pode-se tornar realidade


 
É como uma viagem terrena
Pode-se tornar-se mais amena
Se a vivermos com intensidade
Espalhando felicidade!!!!


Tudo pode ser alterado
Isso já foi explicado
É só mudar o pensamento
E crer à todo momento.

 

25/05/2009

 

MINHA VIDA

Clara da Costa

 

 

Aquela menina, de olhar tristonho,

distante como sua alma,

vagava por entre mundos desconhecidos...
Sentia algo como que se esse lugar não era seu...
Se tornou, já em tenra idade uma observadora do mundo...

curiosa e inteligente,

tudo chamava sua atenção no comportamento dos humanos.
Não entendia as desavenças, os gritos, os choros...

nem a infelicidade que reinava entre as pessoas.
Sentia vontade de voltar, para o mundo de onde viera,

mas descobriu aos poucos que por algum motivo estava nesse corpo,

naquele lugar, com aquelas pessoas...
Descobriu a natureza, os livros, a poesia, a arte, os animais...

isso fazia um bem para sua alma perdida,

em redemoinhos terrestres.
Se tornou mulher, mãe...

um ser que tinha responsabilidades como
qualquer pessoa comum.


Mas a saudade de onde veio, isso nunca passou...

queria sempre voltar, para o lugar que sabia ser o seu lugar...
Hoje, uma mulher madura, realizada como pessoa,

como profissional, como mulher e mãe...

seu olhar é o mesmo... distante.
Nunca foi infeliz...

sempre procurou deixar para o lado os obstáculos,

tendo a consciência do porque de estar aqui nessa vida terrestre.


Hoje, seu olhar se perde no infinito do mar...

relembra o passado, sorri e...

se sente feliz, naquele momento...
Feliz por poder dizer que depois de tanta caminhada,

nessa vida, tudo valeu a pena e que faria tudo de novo...

 

Pipa/RN

Set/08

 

 

GANHOS NO CAMINHO

Helô Abreu

 

 

Pelos caminhos tortuosos da vida Deus

tem escrito um texto que não compreendo

e que não sei interpretar o significado,

porém vivo seguindo as curvas da vida,

assim como as curvas do rio de minha cidade.

Sei que o escrito por caminhos curvilíneo

parece-me o fracasso da vida,

mais sucesso ou fracasso é uma uniteralidade do olhar,

pois perdas dão ganhos e ganhos perdas,

mesmo as que cortam nossa carne ou
deixam um buraco no peito.

Cada dia tem sido melhor que o outro

pois o mesmo é fruto da experiência

que gesta a esperança alimentada
pela perseverança no lutar e no crer.

Todos dias orquídeas desabrocham

alegrando-nos em jardins da vida,

é preciso vê-lo para que eclipses não sejam mero alvorecer.

O parto da perda deve ser adubo

para a maturidade da ausência,

porém, ela deve ser apenas uma experiência e
não a vida,  pois está todos os dias renascem na luz
de  olhos e não esperança,

na crença que a vida pode ser maravilhosa,

mesmo entre raios e trovões.

A perda dada pela vida é a oportunidade

de ver outras mãos que estendidas

aguardam a tua para aconchegar

e não apenas preencher espaços,

mas para caminhar junto
observando novos horizontes

e jardins escondidos em nossos recantos

que sempre florescem,

mesmo que regados
com nossas momentâneas lágrimas.

 

26/05/2009

 

 

MINHA VIDA

Jorge Linhaça

 

 

Minha vida é tal e qual tantas outras

Porém não deixa de ser diferente

Às vezes triste, às vezes contente,

Vestido ou nu! São tantas as roupas...

 

Ó minha vida, se hoje nos poupas

Da fome e do frio, assim complacente

Por que não poupas a alma da gente

De nossas paixões tão longe e tão loucas

 

Dás-nos os sonhos e tiras os sono

Dás esperanças no peito pueril

Depois na conta abates o estorno

 

E segue a vida no ser e não ter

Mas se um sonho logramos de mil

Parece valer a pena viver.

 

26/05/2009

 

 

MINHA VIDA

Luíza Benício

 

 

Não tenho o que dizer da minha vida

Fui sempre uma pessoa normal

Quer criança,  adolescente,

Jovem, mulher e

Idosa!

 

Não sou uma pessoa sábia,

Vezes até me considero ignorante.

Não sou uma pessoa lida, pesquisadora,

Conversadeira, curiosa, intelectual.

Mas nem tão ignorante!

 

As oportunidades não foram tão boas

Mas um pouco para normal,

Pois muita gente nem consegue o que consegui,

Sou agradecida a Deus por ser como sou

E me considerar feliz mesmo assistindo o que acontece ao meu redor:

Em casa, na rua onde moro, na cidade,

Na minha praia!

 

Gostaria de ter tido mais oportunidades de viajar

Para outros países, outros continentes,

Ter tido mas oportunidade de aprender

O que ainda não sei e nem saberei mais!

Preciso conciliar meus pensamentos!

Reduzir meus ímpetos, aprender mais!

 

Sou revoltada com muita coisa que acho errado acontecer

E mesmo sabendo que não posso consertar,

Me exponho a criticar e denunciar...

- O que ganho com isto?

- uma consciência limpa!

Isto me engrandece e

ME VALORIZA!

 

Recife/PE

27/05/2009

 

 

Minha vida

Eliana f.v. – Li Andorinha

 

 

Um aprendizado constante

Garimpeira de encantos...

Ousadia é minha regalia

 

Esqueço os ditos rígidos

em que o medo predomina

E me arrisco em acrobacias

 

Ando por trilhas tortas

dando cambalhotas...

brincando de estar perdida

 

Com o espírito travesso

provocando meus sentidos

Sorrio para o impossível

 

Contemplando a natureza

tomo-a como exemplo

Crio resistência

 

Alio-me a intensidades

cantando minha canção...

em revoadas de andorinha

 

28-05-2009

 

 

MINHA VIDA

Fatima Abrantes

 

 

Minha vida...minha história...

Meus pequenos contos, desencontros...

Encantos e desencantos.

Sorrisos que dei...

Lágrimas que derramei.

Sorte? Azar?

Verdade? Mentira?

 

Sou o retrato de uma alma sem rosto

que já não busca mais nada.

Sentimentos, amor, lealdade,

dedicação...

São palavras perdidas...

Que partiram com minhas esperanças

de vida e felicidade.

 

Tudo que cultivei como tesouros

que diziam não ser destruídos por nada...

Vieram a ser os causadores

da minha própria desgraça...

Sem dó, nem piedade..

Dor, angustia e ingratidão

Machucada...

 

Clareza, saudade, emoções descontroladas...

Turbilhão vivido, pés no chão.

Volve o passado diluído,

cresce e alimenta essa voz distante...

Do âmago do meu ser vivente

Digno, fiel, sapiente..

E volto à vida...de repente...

 

30/05/2009

 

 

SOBRE A MINHA VIDA

Sueli do Espírito Santo

 

 

Refletindo sobre a minha vida

em  tantos momentos inusitados

em tantos sonhos não realizados

a esperança nunca foi perdida

 

Eu já lidei com tanta decepção

que trouxeram-me a amargura

mas eu sempre busquei a cura

e  ganhei brandura no coração

 

Refletindo,  outros olhos agora

eu renovo os meus pensamentos

cultivando os bons sentimentos

 

Se algum sonho não foi realizado

isto trouxe-me um aprendizado

é preciso recomeçar sem demora.

 

30/05/2009

 

 

MINHA VIDA

Rafael Braga Pinto

 

 

O que dói em meu coração

É saber que muito tempo já não há

E eu deixo que ele se vá.

A morte me leve pela mão,

Vejo as imagens da minha vida

Aqui no meu leito de morte,

Embora a minha pouca sorte

Não deixe cicatrizar a ferida;

Choro lágrimas de solidão,

Pois muitos entram por esta porta

E apenas um volta,

Deixando-me claro,

que os outros não mais virão.

Sei que não vou mais levantar;

É questão de tempo até sucumbir

E eu não tenho para onde ir,

Nem um lar para retornar!

Oh! Vida triste e infeliz,

Espero que a morte

toque minha mão afetuosamente

E, assim, eu possa ir

Para o céu e ser feliz.

Porto Alegre/RS

30/05/09

 

 

MINHA VIDA...

Ulisses Prestes Herter

 

 

Certo dia, fui demitido por meu chefe.

Sem destino, fiquei!

Não sabia para onde ir, nem o que fazer?

Uma vez demitido, não tinha outra alternativa.

Arrumei meus pertences

e uma festa de despedida, ganhei.

Era o fim!

Ao longo dos anos passados, naquela empresa,

construí bons amigos e amigas.

Saudades! Saudades!

Acenei-lhes e peguei um táxi.

Durante a corrida, a triste realidade!

Que péssimo momento!

O tempo passava, eu via tv e comia couve.

Numa tarde chuvosa,

a sensação de fracasso foi interrompida

por um telefonema: trim... trim... trim...

Era a sogra querendo saber

como sobreviveríamos nesta nova fase.

Aos berros, ia avisando que não contássemos com ela.

A vida está caótica e nada poderia fazer!

Pensei:"Onde está o seu amor familiar?"

O tempo continuava passando...

Todas as manhãs, eu recebia o jornal

e as páginas ia folhando para um emprego conseguir.

O tempo estava bicudo.

Não dava para continuar parado

e, muito menos, deitado no sofá.

Finalmente, pintou uma entrevista:

"Assistente de Produção".

O meu novo trabalho é fruto

de muito empenho e procura:

atrizes, carro, hotéis, viagens...

Tudo o que eu pedi a Deus!

Dia e noite, noite e dia ao lado de mulher bonita

e longe da sogra. Sinto-me um homem feliz!...

 

Santa Bárbara do Sul/RS

30/05/09

 

 

O QUE SERÁ DA MINHA VIDA?

Sabrina Scheid Mezzari

 

 

Às vezes fico imaginando

o que será de mim daqui

alguns anos.

Será que estarei

casada com filhos

ou estarei

morando sozinha?

Será que estarei

trabalhando

ou

estarei aposentada?

Bom o jeito é parar

de imaginar e aproveitar

a minha vida agora

que só o tempo

mostrará o que vai

acontecer comigo.

 

Porto Alegre/RS

30/05/09

 

 

MINHA VIDA

José Antonio Soares Martins Filho

 

 

O tempo passa e eu, menino,

menino que aprende

as graças do mundo.

O tempo passa e jovem, fico.

Surgem os primeiros amores

e as realizações afetivas.

O tempo passa e o amadurecimento

começa a pintar e os ideais a se definirem.

Um objetivo, uma namorada

que deseje estar ao meu lado.

O tempo passa e me torno adulto,

muitas responsabilidades à vista.

O tempo passa

e uma família se construindo.

Um novo ser,

fruto do amor a ser educado.

O tempo passa, o envelhecimento

dá os primeiros sinais.

Vejo meu filho crescer

e o vejo vivenciar

os mesmos ciclos que passei.

Ó tempo, por que não paras de passar?

 

Porto Alegre/RS

30/05/09

 

 

 

MINHA VIDA É ASSIM...

Camila Lima Dantas

 

 

Minha vida é igual ao céu

em noite de estrelas,

quando está bem azulzinho,

cheio de brilho e firmeza.

Em toda a direção que eu olho

encontro o amor de Deus,

a felicidade e a alegria.

A minha vida é assim...

 

 

Recife/PE

30/05/2009

 

 

 

 

 

 

 

Mid _NeMeQuittePas

 

Copyright © 2007, Socorro Lima Dantas - Todos os direitos reservados.
Publicado: 13.01.2007  Última atualização:  09.01.2012

Webdesigner:  Sonia Orsiolli