**

*

*

*

***

 

*

 

*

 

 

 

 

Socorro Lima Dantas

 

 


Só hoje eu entendi
que a vida continua...
Em minha vida, não haverá mais você
e nunca mais seremos nós.
Tudo não passou de um sonho,
que eu não queria acordar...
Ficaram só lembranças. Nada mais !


Neste vai e vem de pensamentos
fizeram-me recordar a nossa história,
voltei ao passado, e decidi tudo esquecer.
Eu não poderei te querer só por querer
basta de sofrer coração !
É hora de renovar as flores do jardim,
de jogar fora as pétalas caídas,
que eu me recuso descartá-las,
só porque elas fizeram parte do ontem.


Recordar por recordar...
Só para sofrer ! Não adianta contar
quantos caminhos eu segui sem rumo,
e, sem querer, entrei em estradas dissonantes
agarrada a um fio de esperança
que logo se esvaia,
e conter a dor de não te encontrar.
Eu vi que não cheguei a nenhum lugar !


Ficaram os versos que guardo na alma
para viajar pelas lembranças conservadas,
Quando diante da lua, jurei nunca te esquecer.
Gravei a tua imagem para a hora da saudade,
E quando recolhida a minha solidão,
lembrar o amor perdido,
dissipado no desafino às notas musicais
de nossa antiga melodia.


Pensativa, sozinha, inquieta, pergunto-me:
como serão as minhas noites em ti,
as estrelas e a lua brilharão para quem ?
se não estás mais aqui,
Será apenas para mim ?


E neste oceano de indagações,
o mar, que teima em musicar nossas lembranças,
vem e volta em suas gigantescas ondas
coreografando a nossa sinfonia,
só para me fazer crer
que ainda existe uma esperança...


 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007

Fragmentos dos Meus Sonhos  -  Socorro Lima Dantas

Todos os direitos reservados
Publicado: 13.01.2007