Socorro Lima Dantas
 
 
 

Diante da vida,

celebrarei o amor,

glorificarei meu estado de paixão,

até a minha última inspiração.

 

 

Durante todo o meu viver,

 sejam alegres ou tristes,

em consagração...

na dúvida, na certeza, na incerteza,

e nas noites de leveza, espera e solidão

celebrarei este amor,

brotado de afeto e dedicação,

pelas letras da ternura, pelas juras em candura,

celebrarei este amor.

 

 

Este amor hei de celebrar,

pela confiança, extraída dos nossos juramentos,

do âmago em vivência a dois,

declarado mesmo diante de um amanhã incerto,

nascido de uma pureza de almas encontradas,

abençoado pelo perfume da mais linda flor,

celebrarei este amor.

 

 

Extrairei do peito,

a fortaleza a dois construída,

o que permaneceu em nosso íntimo decidido,

em nossa história já estava escrito:

 que o tempo jamais apagaria

este lindo conto de amor,

e um dia brotaria um imenso jardim,

cheio de perfumadas flores,

cultivado com o nosso calor.

creia amor,  jurarei mais uma vez,

diante de nosso canto,

 vibrante de emoção,

numa só melodia,

perante uma multidão,

até a eternidade

celebrarei nosso amor !

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

Copyright © 2007, Socorro Lima Dantas - Todos os direitos reservados.
Publicado: 13.01.2007  Última atualização:  02.11.2010

Webdesigner:  Sonia Orsiolli