Socorro Lima Dantas
 
 
 

A vida foi traçando nosso destino

Permitindo a tristeza ancorar na estrada

Desviando a alegria, fiquei sozinha, sem tino

Nesta vida a descobrir o futuro desesperada.

 

 

Tinha que ser você, que dizia tanto me amar

Vir do meu coração se apoderar e deixá-lo em pranto

Ao vento, arremessou a paixão que estava a aflorar

Na certeza de que um dia ainda terias meu encanto.

 

 

Hoje, o peito desiludido, caminha perdido

Em busca de abrigo até nos espinhos das rosas

Único refúgio para um amor hoje adormecido.

 

 

Do sofrimento, encontrei o brilho de uma nova estrada

Que no túnel do tempo não encontrei guarida

Cavalgando, espelhada em tua imagem despedaçada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007 -  Fragmentos dos Meus Sonhos -Socorro Lima Dantas 

Todos os direitos reservados
Publicado: 13.01.2007 

Webdesigner:  Sonia Orsiolli