Socorro Lima Dantas

 

 

 É a saudade amor,
Que te faz lembrar das nossas flores...
Nosso jardim...
Cúmplices de nosso afeto,
Das nossas promessas de ternura eterna,
Que te leva a caminhar até aqui...
Não desistas amor, vem depressa !
Estou aqui em nosso jardim...
Por ti a esperar.
 
 
É a saudade amor,
Que não te faz esquecer
Nossas promessas...
Nossas indecisões...
Nossas juras:
Prometemos juntos, amor eterno,
Com a cumplicidade de nosso jardim !
Falávamos baixinho...
Se houvesse um adeus,
Decidisses procurar-me algum dia,
Não me encontrando,
Jamais desistirias de tua busca !
A certeza seria o nosso jardim...
Eu estaria nele a te esperar !
 
 
É a saudade amor,
Que reacendeu nossas recordações !
A nossa história...
O amor presente !
Longe de tudo e de todos,
Só nós dois amando-se loucamente...
Por isso um pedido amor:
Quando a saudade bater em teu peito,
Não hesites, pensas duas vezes...
Estarei a tua espera.
Aguardando-te esperançosa,
Em nosso lugar...
No jardim a te esperar.
 
 
É a saudade amor,
Faz lembrar-te de nossas flores !
Nosso eterno jardim...
Ah amor !
É muito bom saber ...
Que estás a minha procura,
Ainda me amas...
Não esqueceste do nosso amor...
Por isso, imploro-te:
Se me procuras,
E na caminhada houver desencontro,
Ergue o teu olhar ao céu,
Olha a nossa estrela,
Procura a mais brilhante,
Sou eu acenando-te !
Eu estarei aqui,
Em nosso jardim a te esperar !
 


Após essas tentativas,
Não houver um novo encontro,
Volta amor,
Retorna ao nosso lugar...
Nosso jardim...
Observas todas as flores,
Onde tudo começou !
Colhe a aquela rosa...
A mais vermelha e perfumada,
Caminhas sem dúvida...
Com a certeza de que
Eu estarei sempre aqui,
Em nosso jardim a te esperar.

  

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007
Fragmentos dos Meus Sonhos  - Socorro Lima Dantas
Todos os direitos reservados
Publicado: 13.01.2007 - Última atualização: 24.09.2012
Webdesigner: Sonia Orsiolli