Socorro Lima Dantas

 

 

O tempo passou...
eu não consegui te esquecer !
nesta distância eterna,
eu não mais distingo o meu querer !


O tempo passou...
eu continuo agarrada a uma esperança
caminhando nesta estrada deserta
sem mensurar sequer a distancia
entre o meu desejo e a incerteza de te encontrar
perco-me no caminho ...não sei mais o que quero
quanta insegurança !


O tempo passou...
você partiu, sozinha eu fiquei
Sem ao menos te falar da minha dor !
calei-me diante do pranto,
por não saber,
por quem o teu coração pulsa,
meu amor !


O tempo passou...
E a tua procura,
prossegui a minha viagem
na esperança de te encontrar !
Eu te busquei pelo teu perfume,
pelo teu rastro, marcas deixadas pelo chão.
No horizonte de luzes e cores,
percorri todos caminhos,
para te dizer do meu amor,
que guardo com tanto calor.


O tempo passou...
eu fiquei aqui a te esperar,
e tu não vieste me encontrar !
esta ânsia...
esta dúvida...
esta distância...
obrigam-me a calar o pranto.


O tempo passou...
e na esperança de um reencontro,
não emudecerei o meu canto,
nem cessarei a minha procura.
Eu quero te encontrar, nem que seja por um instante,
para te dizer baixinho em teu ouvido:
O tempo passou...
mas eu não consegui te esquecer !

 


 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007

Fragmentos dos Meus Sonhos  -  Socorro Lima Dantas

 Todos os direitos reservados
Publicado: 13.01.2007