Socorro Lima Dantas

 



Talvez, quem sabe,
Eu não deveria ter deixado você partir.
Naquele dia, eu estava indecisa, sem prumo,
Sem ritmo, sem partitura pré-escrita,
Sem ideia, e sem concentração para decidir
A minha essência estava totalmente em pausa...

 

Talvez, quem sabe,
Nem eu mesma sabia, naquele dia...
O que seria melhor para mim
Para nós dois:
Eu estava entre o tudo, o nada,
O agora, o ontem e o amanhã...
Coração fechado, em retalhos,
Que estranho... Tudo incerto...
O pensamento rodava em minha mente
Para lá e para cá ! Quanta indecisão !


Talvez, quem sabe,
Se não tivesses partido
Hoje, eu não estaria sentindo este vazio,
Esta solidão angustiante que antes precisava,
E agora me farta ! Tudo isto me farta !
Esta serei eu mesma ?
A pensar e a vagar, sem nada divisar.
São diálogos solitários, desertos,
Eu falo no silêncio, comigo mesma
Combatendo um Eu desconhecido
Que habitava em meu ser...

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007
Fragmentos dos Meus Sonhos - Socorro Lima Dantas
Todos os direitos reservados
Publicado: 13.01.2007 - Última atualização: 19.08.2012