*****

*

 

 

*

*

 

*

 

 

 

 

 

Socorro Lima Dantas

 

 

  

 

Nossa ligação está por um fio
Assim me disseste...
Se quiseres ir, vai
Se quiseres que eu vá,
Fala de uma vez !
Eu não hesitarei,
Serei eu quem de tua vida sairá !


Já cansei de seguir regras e normas
Suportar ciúmes, estupidez e ingratidão
Tantas vezes lançadas
Do nada, sem razão !
Depois, vem o pedido de perdão
Arrependimentos com juras e afagos.
Foram tantos, que o tempo apagou
O entusiasmo do elo de outrora.


Já não me resta mais tempo.
De ir atrás das borboletas
Para contemplar a beleza de cada uma
E deslumbrar o seu encanto
Como antes fazia, ao prendê-las
Entre as folhas do meu caderno
E sonhar que estariam voando ao meu redor...


Ah, minhas borboletas !
Tão desejadas aos primeiros raios do sol,
Timidamente, foram embora do meu jardim
Livres, lindas e felizes, voaram...
Talvez, sentiram falta do encanto primoroso das flores,
Quando pousavam, ao sentir o aroma de antes.


Pensei, e decidi romper de vez com esse laço !
Eu Irei viver como as borboletas.
Já não há mais tempo para uma indecisão,
Então, decides de uma vez,
Vai !



 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007

Fragmentos dos Meus Sonhos   -  Socorro Lima Dantas

Todos os direitos reservados
Publicado: 13.01.2007